HISTÓRIA DE GOIANA-PE: CONJUNTO CARMELITA.

O Convento e Igreja de Santo Alberto, a Igreja da Ordem Terceira do Carmo e o Cruzeiro São Conhecidos como Conjunto Carmelita e foram tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional-IPHAN desde 1938. A primeira construção em taipa data de 1666, criada a pedido de Frei Alberto do Espírito Santo para superar as distâncias entre o convento existente em Olinda e a Paraíba. Em 1672 deu-se inicio à construção do novo convento e igreja  em pedra e cal com o apoio de André Vidal de Negreiros. A participação política de Goiana e a importâcia da igreja apontam o convento como local de conflitos que incorreram em perdas, inclusive de documentação, fato observado por D. Pedro II quando visitou o convento em 1859. 
       A Igreja da Ordem Terceira do Carmo foi constrída por irmãos da ordem, em 1753, no estilo barroco. 
       O Cruzeiro, posicionado no centro da praça, apresenta na sua estrutura traços da arquitetura Chinesa. Os moradores mais antigos de Goiana contam que sob o Cruzeiro existem riquezas deixadas pelos religiosos quando fugiram dos Holandeses e que, segundo a lenda um túnel faz a sua ligação com a Igreja. 

  Para conhece o curso de História de Goiana On-line. clic aqui           


Veja também:

Bolsonaro sanciona lei de auxílio financeiro para o setor cultural.

Concurso de Goiana-PE:Confira quando sairá o resultado das provas objetivas?

Caixa afirma que as 18h, desta quinta-feira (16), 9 milhões de brasileiros vão saber se terão direito ao auxílio emergencial.